ESTOCOLMO, cosmopolita e interiorana ao mesmo tempo.

Que a capital da Suécia é um dos destinos turísticos favoritos, a gente sabe. Mas há muito para aprender!

Alone Traveller Friendly?

Sim.
O idioma Sueco é como Norueguês e Dinamarquês, com grafia diferente. God morgon, hey e tack – bom dia, oi e obrigado já garantem um sorrisinho nos kafés.
Para se localizar, memorize que Gamla Stan é o centro. O resto vem fácil: Norrmalm (norte), Södermalm (sul), Östermalm (leste).

A minha impressão.
. A cidade.

Mais de 50 pontes

Você visita as ilhas do arquipélago sem perceber.

Estocolmo é um arquipélago com umas 50 pontes que interligam 15 ilhas. A maioria você cruza a pé e nem percebe.
Me lembra Londres, só que menor, mais limpa e mais bonita – de uma maneira diferente.
Entretanto, eu diria que as cidades suecas que visitei estão tentando se adaptar ao grande fluxo de refugiados. A Suécia foi um dos países que mais recebeu refugiados durante as últimas crises, mas apesar da boa vontade, acho que o país não estava “estruturado”. O que não quer dizer que não funcione, apenas que estão lidando com um número de pessoas maior que o esperado e uma forma diferente de conviver com nacionalidades tão distintas.
A cidade é cheia de ladeiras, ruas estreitas, mas também “promenades” lindos para caminhar.
. Os Suecos.
Não achei os suecos tão easy-going quanto os noruegueses. Sorriem menos que os vizinhos de península e são mais agitadinhos – mas estão longe de serem mal-educados.
Certinhos, porém liberais: essa é a Suécia. Entrei numa sex-shop achando que fosse loja de lingerie; vi casais comprando brinquedos eróticos como se estivessem numa loja de eletrodomésticos. E a loja parecia Victoria Secret´s. Amigos queridos, quaisquer comentários maldosos serão ignorados.
. Finanças.
A moeda é a Coroa Sueca (SEK). O custo de vida é mais baixo que na Noruega, mas nem tanto assim.
O que me chamou a atenção é que vários lugares exigem pagamento em cartão. Há museus e restaurantes com avisos de que não aceitam pagamento em dinheiro.
Para ser honesta, há lugares em São Paulo onde você come a preço de Suécia, meu choque nem foi tão grande…
. Clima.
Sabe quando você tem as quatro estações do ano em um dia? E aquele temporal de

IMG_1614

E no meio de um dia ensolarado, ca um temporal. Norrmalm.

encharcar a roupa? Estocolmo é assim.
Meninas: a umidade esculhamba os cabelos. Eu tive que sair correndo atrás de um secador de cabelos e comprei um fantástico, mas lá a voltagem é 220V e hoje só posso usá-lo na área de serviços de casa.
. Segurança.
Claro que a cidade é segura, ainda mais se você vive num país como o Brasil, mas lembre-se da regra “você ainda é turista”.
Quanto ao aeroporto, não há controle de passaportes porque entre os países nórdicos há um acordo no qual os nativos não precisam carregar passaporte nem ID, além do Tratado de Schengen – mas há alfândega.
Como diria um conhecido meu, “eu tenho um X nas costas”, ou seja: a Aduana Sueca me parou e mandou raio-x nas minhas malas.

 

Locomoção
. Eu usei o SL Access Card, que é o “bilhete único” de Estocolmo. O cartão custa SEK 20 e você carrega como quiser, mas passados 75 minutos do swipe, tem que passar de novo.
. Se você gosta de andar, nem vai perceber o dia passar. Dá para alugar bicicletas, mas eu não confio muito nas minhas habilidades.
. Do e para o Aeroporto de Arlanda, é melhor trem expresso ou ônibus. Eu preferi tomar o Arlanda Express, trem que vai direto para a Central Station e de lá, pegar o metrô.
Mas depende de onde fica o seu hotel, vale ônibus e balsa.
. Usei o Uber umas três vezes, que foi caro para corridas curtas, pois a tarifa mínima é cerca de EUR 4.

Onde ficar & O SIM Card.
Aventuras ficam para o post seguinte.

O básico.
Minha dica é “varrer” a cidade nos dois primeiros dias para escolher os lugares que gostaria de visitar com mais calma. Consulte o Visit Stockholm.
O passeio de barco é legal, mas eu sou muito mais as nem-sempre-free-walking tours e Estocolmo tem várias: a dos telhados, a dos fantasmas e a das artes nos metrôs – a maioria é paga.
. Tours.
Gamla Stan, a cidade velha, com ruelas de pedras escorregadias, lojas antigas, bares,

IMG_1107

Lojinhas antigas em Gamla Stan.

cafés. Na cidade velha estão o Palácio Real, a Catedral de Estocolmo, o Parlamento Sueco, galerias de arte, mas também as lojinhas “armadilhas para turistas”.
Walking tour da MILLENIUM TRILOGY: arranjei um mapa e fui andando de Gamla Stan a Södermalm. O bar onde os personagens da revista Millenium se reúne parece tour de ônibus fretado para o Hard Rock em Miami. Mas você pode morrer de inveja do prédio para onde a Lisbeth Salander se muda depois que “fica rica”. De quebra, descobri a rua dos designers, porque Södermalm é a Vila Madalena sueca, toda hipster.
A Ericsson Globe e o Gondolen dão lindas vistas da cidade, mas as filas dão preguiça…
. Museus e Gröna Lund.
ABBA Museum: sim, o grupo ABBA, aquele dos hits “Dancing Queen” e “Mamma Mia” éIMG_1274 um ícone sueco. Desafie seu companheiro de viagem a cantar junto com o holograma! SEN-SA-CIO-NAL.
Na mesma região do museu do ABBA, há o Gröna Lund Park, parque de diversões com tudo que pode atacar a sua labirintite. Vá de balsa e passe o dia por lá!
O Skansen Park, é museu a céu aberto e zoológico. As “obras” são casas que contam a história da Suécia, algumas literalmente transportadas do lugar original para o parque.
Não poderia faltar um barco e esse está no Vasa Museum. Eu fui num domingo de manhã, de chuva e a fila estava insuportável. Decidi dar uma voltinha, almocei num restaurante bem tradicional e voltei “ainda na hora do almoço”: vazio, fica a dica.

E falando em fica a dica, a FIKA e os comes e bebes.
O prato mais tradicional da cozinha sueca é o Kottbullar, almôndegas de carne de boi e porco, servidas com purê de batatas e um molho de lingonberries. Quase todos os restaurantes servem este prato.
Descobri que os Suecos têm muito orgulho de seus doces. Há tantas lojas espalhadas por Estocolmo que é impossível não pensar em diabetes, mas pesquisei e os suecos não têm um alto índice da doença. Vai entender…
E a fika? Os suecos amam café e a fika é o “momento” de saboreá-lo, geralmente acompanhado por algum “bolinho” doce. Nada mais é do que sentar e relaxar num dos muitos cafés espalhados pela cidade. Vou ser honesta: eu adoro café e cada vez que eu me cansava de andar eu parava em um kafé, mas para o meu paladar, os grãos são tostados demais. Eu gostei do Kafé Esaias e do Johan & Nyström.
E para os baladeiros: Estocolmo tem vida noturna! Principalmente em Södermalm e Slussen.
O Östermalm Salluhall é um equivalente dos nossos mercados municipais e eu recomendo porque tem muita variedade. Não é a opção mais barata, mas eu adoro comer e lá eu me esbaldei.

Compras.

IMG_1504

O lado hipster de Södermalm

Se a Noruega não me encorajou a gastar, a Suécia me deu ganas de trocar a decoração de casa. Mas era a segunda parada de uma viagem de mais de um mês, nem pensar em carregar mala cheia ou torrar dinheiro. Até porque em termos financeiros, a facada é dolorida.
Não há um limite mínimo para Tax Refund, mas os reembolsos são apenas via cartão de crédito.
Ainda assim, não resisti. A loja de camisetas Dedicated em Södermalm vale a visita.
A região de Norrmalm concentra lojas de departamento como a NK-Nordiska Kompaniet Stockholm e shoppings.

 

Para finalizar…
CUIDADO com as bicicletas e os patinetes. Sueco pode ser certinho, mas os ciclistas não são muito pacientes.
E a molecada de patinete – não é skate, é patinete mesmo – não tem um senso de direção muito apurado. Deve ser por isso que eles fizeram do Volvo o carro mais seguro do mundo…

Sobre Anninha

Além de viciada em cultura pop, ainda resolvi bancar a mochileira depois do 40 - e comer pra caramba, já que é para isso que eu treino Crossfit. Divirtam-se!
Esse post foi publicado em Cultura Pop, mochilando depois dos 40, Viagens e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s