“IT’S NOT A LIE IF YOU BELIEVE IT” – George Costanza

Há muito tempo não escrevo no blog. Na verdade, escrever eu escrevo, mas tenho preguiça de publicar, porque tenho TOC e quero adicionar fotos, legendas e um monte de firulas na mais perfeita ordem, e aí vem a tal preguiça.

Outro dia um amigo me sugeriu assistir o vídeo do Jerry Seinfeld com Barack Obama, na série Comedians in Cars Getting Coffee. Isso me fez lembrar o quanto eu sinto falta da sitcom Seinfeld“.
Se você nunca viu, este post tem spoilers, mas eu vou avisar antes, tá?

“Seinfeld” foi a melhor sitcom  já produzida. Para quem nunca ouviu falar, a série “stressa” situações comuns a ponto do ridículo, a partir do relacionamento entre quatro amigos: Jerry SeinfeldGeorge Costanza (Jason Alexander)Elaine Baines (Julia Louis-Dreyfuss) e Cosmo Kramer (Michael Richards).
Existem personagens satélites como: os pais de Jerry e George; Newman (Wayne Knight), o vizinho que Jerry odeia e Susan (Heidi Swedberg), a noiva de George que… spoiler abaixo.
O criador da série, Larry David, tem em Jerry Seinfeld seu alter-ego. E a partir daí, a série se desenrola de tal maneira que os temas mais absurdos ganham uma conotação tão importante que podem consumir o episódio, o que equivaleria a dias e dias das vidas dos personagens.

Cada personagem tem características peculiares, e todos se consideram “normais”. Em tom satírico, “Seinfeld” traz à tona tudo que há de pior no ser humano: egoísmo, egocentrismo, ganância, falta de bom senso e muitos outros “hábitos” que a maioria de nós  adota no dia-a-dia, mas não percebe ou… “é parte da nossa natureza”.

Para entender, só assistindo a série. E pensar que quase não teve uma segunda temporada devido a baixa audiência…

** SPOILERS COMEÇAM AQUI **

The Contest

The Contest

Eu me mato de rir até hoje. Não vou listar todos os episódios – clique nos links para ver – mas para quem conhece ou quer conhecer a série e não se incomoda com spoilers, seguem alguns termos e frases conhecidos como Seinfeldisms, além de alguns episódios marcantes.

– Yada, yada, yada: algo como blablabla
Close-talker: aquela pessoa que tem mania de falar quase “colado” em você. Eu detesto, e você? Claro, se você for um close-talker, não vai se ligar ou simplesmente, vai ignorar.
– Double-dipper: sabe aquela festa com Doritos e outros “finger foods”? Pois é, tem sempre aquele sujeito que molha o Doritos no molho, morde e molha de novo… e aí ou você fica com nojo e não come mais ou está tão bêbado que manda assim mesmo.
– Fast-talker: aquela pessoa que nem respira para falar (eu).
– Regift: todo mundo já ganhou um presente que detestou, ou simplesmente, não tem utilidade nenhuma. Neste caso, você pode “representear” um amigo com o dito… presente.
– Mansierre? Bro?: sim. Frank Costanza (Jerry Stiller), o pai de George e Kramer têm a ideia de criar um soutien masculino. Estes são os nomes sugeridos.
– Shrinkage: quando um homem toma um banho de piscina, ou passa frio… it shrinks!

Entre os episódios… aí é praticamente impossível listar os meus preferidos, então vou mencionar alguns que valem a pena assistir, caso você não tenha paciência para assistir as 9 temporadas.

. “The Contest” é o mais famoso. Não apenas pelo roteiro e as piadas, mas por tocar num tabu em pleno primetime. Qual o plot? Os amigos decidem apostar quem consegue ficar sem se masturbar por mais tempo. As frases são tão hilárias que vale a pena reproduzir. George é pego pela mãe “in the middle of the action”, e então, surge a aposta.

ELAINE: (Smiling) I want to be in on this, too.
GEORGE AND JERRY: (Rejecting) Ohh, no. No, no, no..
ELAINE: Why?
JERRY: (Showing difference) It’s apples and oranges..
ELAINE: What? Why? (More ‘no, no, no’s from Jerry and George. Persistent) Why?
JERRY: Because you’re a woman!
ELAINE: So what?
JERRY: It’s easier for a woman not to do it than a man.
ELAINE: (Sarcastic) Oh.
JERRY: We have to do it. It’s part of our lifestyle. It’s like, uh.. shaving.
ELAINE: Oh, that is such bologna. I shave my legs.
KRAMER: (Making a point) Not everyday. (…)
GEORGE: Alright, now, how are we gonna monitor this thing?
JERRY: Well, obviously, we all know each other very well, (Elaine slightly laughs) I’m sure that we’ll all feel comfortable within the confines of the honor system.

Este episódio também cunhou Seinfeldisms como
Jerry: “Are you the master of your domain?
Elaine: I’m the queen of the castle.

.”The Invitations”. George Costanza é a representação do ser humano mais mesquinho possível, em todos os aspectos. Ele é amoral, antiético, egoísta, mentiroso… aliás, o título do post é uma das frase mais famosas dele: “It’s not a lie if you believe it”.
E por quê este episódio é importante? Porquê a noiva de George, Susan, morre intoxicada após lamber os envelopes dos convites de casamento.
George não queria gastar dinheiro, então ele escolheu os mais baratos, fora de linha que estavam com a “cola vencida”.
E por quê isso teria graça? No fundo, George não queria casar e quando ele sabe da morte, tenta disfarçar um sorriso fingindo que chora. Jason Alexander está impagável.

.”The Soup Nazi”. Esse é o mais “autobiográfico”. Se bem me lembro, Larry David e outros comediantes de stand up costumavam ir até um fast-food que só vendia sopas. As sopas era ótimas, mas o dono da loja era mal-humorado. Reza a lenda que o episódio fez tanto sucesso que o verdadeiro “soup nazi” queria direitos autorais.

Para chorar de rir? “The Hamptons”. George Costanza está nu, se secando após  um banho de piscina quando uma mulher abre a porta do quarto e vê que, digamos, a masculinidade dele é minúscula. Ela não se contém e dá risada. George grita desesperado: “I was in the pool! It shrinks!”. Isso vira uma discussão onde até Elaine dá palpite.

Tem um episódio, não me lembro o nome… Elaine namora um músico e acidentalmente, estraga o poster dos “Três Tenores”. Luciano Pavarotti, Plácido Domingo e… “the other guy”, que era o favorito dele. Nenhum dos personagens lembra o nome do terceiro tenor – para ser honesta, nem eu, mas descobri depois que era o José Carreras. Enfim, ela consegue um novo poster, e quando o entrega ao namorado ele manda um: “Oh! He… and the others”.

Outros que não lembro os nomes, mas valem a pena:
. Jerry arruma um encontro para Elaine e quando o cidadão a deixa em casa… “Heeee… took it off”. Não preciso explicar, né?
.  Jerry arruma uma namorada que fica feia ou bonita de acordo com a iluminação; é quando o Seinfeldism “Two Face” surge.
. George se finge de deficiente para se manter num emprego e ainda arrecadar fundos para uma instituição de caridade – ele mesmo.
. Jerry rouba um pão de uma velhinha…
. Kramer resolve praticar natação no Hudson River, em meio a cadáveres desovados pela máfia…
. os vários episódios em que George assume seu alter-ego Art Wandelay, da Wandelay Industries, que é um “importer-exporter”, “architect”, ou qualquer coisa que ele resolva ser para não se sentir diminuído diante do sucesso de outros.
. a invenção do Festivus: Frank Costanza decide não comemorar nenhuma data simbólica como Natal, Ação de Graças… e inventa o Festivus: “Happy Festivus to the rest of us”!

Se você não resistiu e leu até aqui, com certeza está com vontade de ver os episódios.

Com todo respeito a sitcoms mais recentes e excelentes, como “The Big Bang Theory” e “Modern Family” entre outras, Seinfeld merece o título the melhor comédia até hoje.
Na minha humilde opinião, nunca mais conseguiram retratar o ser humano de uma maneira tão cruel de uma forma tão suave.

E… “Jerry, just remember: it’s not a lie… if you believe it”.

Sobre Anninha

Além de viciada em cultura pop, ainda resolvi bancar a mochileira depois do 40 - e comer pra caramba, já que é para isso que eu treino Crossfit. Divirtam-se!
Esse post foi publicado em Cultura Pop, TV e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s